sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Qual a Diferença Entre Ateus e Agnósticos?

Ateus e agnósticos. 

Ainda existe muita confusão em torno desses dois termos, justamente pelo fato desses conceitos serem discutidos sob perspectivas diferentes, o que acaba gerando diversas dúvidas e incertezas sobre o assunto.

Existem alguns requisitos pra se chegar a uma resposta satisfatória sobre o que seria ateísmo ou agnosticismo. A pergunta cuja resposta implica em ateísmo se refere a crenças, enquanto a pergunta cuja resposta implica em agnosticismo se refere a conhecimento.

Uma pessoa não pode ter um conhecimento através de uma crença (pois uma crença não é um conhecimento verdadeiramente justificado). 

Então, é natural que existam interpretações conflitantes para cada termo.

O ateísmo se refere a uma questão teológica (uma relação subjetiva com uma divindade superior); ao passo que o agnosticismo é pautado por uma questão epistemológica (sobre a possibilidade ou impossibilidade de se provar a existência de Deus através do conhecimento).

Um ateu afirma que não acredita em Deus, mas não se preocupa em descobrir qual a probabilidade de se haver ou não um ser superior, ou seja, ele apenas discorda da afirmação: “Deus existe”.

Embora existam relatos de povos primitivos que não acreditavam em nenhum Deus, a expressão ateísmo (que significa, em grego, a negação de Deus) foi cunhada no final do século XII, na época da Inquisição.

"Pode-se afirmar que o ateísmo é subproduto da Inquisição. Quando a Igreja Católica quis suprimir toda e qualquer dissidência, seus métodos inquisitoriais levaram à formação de um judaísmo clandestino e às primeiras declarações de ateísmo na Europa", afirma Armando Araújo Silvestre, cientista da religião da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Ateus não precisam necessariamente declarar que Deus não existe, eles apenas não tem crença na sua existência. 

O senso comum diz que o agnóstico é uma pessoa que não acredita nem desacredita na existência de Deus, ao passo que ateu é quem desacredita. Isso faz com que o agnosticismo pareça um posicionamento mais razoável que o ateísmo. 

A Enciclopédia Britânica descreve que o agnosticismo "é a doutrina que afirma que não podemos conhecer nada além dos fenômenos da experiência, incluindo Deus.

Resumindo: enquanto o agnóstico sente falta de provas que validem uma existência divina, o ateu nega a existência de Deus sem dispor de nenhuma comprovação.

Um comentário:

  1. muito bom esse post, sou agnostico e as pessoas acabam confundindo muito, normalmente pensam que agnosticismo e acreditar em uma forca maior sem ser Deus propriamente dito... Voce explicou de uma forma muito interessante, fazendo um paralelo entre a agnose (conhecimento) e o ateismo (discrenca/negacao)...

    ResponderExcluir