sábado, 5 de abril de 2014

3 Coisas Que Seus Pais Merecem Ouvir de Você (Apesar de Tudo)

Todo mundo já viveu momentos inesquecíveis com seus pais na infância, já passou por situações boas e ruins quando era criança, acumulou experiências de vida que são úteis, ou que não valem nada. Nessa infância, todo mundo já passou por várias dessas experiências que nunca mais serão esquecidas junto de seus pais.

Pra uns, a convivência com os pais é ou foi maravilhosa e harmônica; pra outros, foi insuportável, um inferno. De qualquer maneira, não importa se o relacionamento com seus pais foi bom ou ruim, uma coisa é fato: você já viveu muitas experiências sensacionais no passado que só foram possíveis porque seus pais tornaram isso realidade, e ainda vai poder experimentar várias coisas espetaculares na sua vida por causa da bagagem que seus pais te deixaram.

Seus pais podem ter sido amorosos ou frios, compreensivos ou intolerantes, honestos ou desonestos. De qualquer forma, não podemos negar que eles ainda são nossos pais.

Sabendo disso, seria justo que seus pais ouvissem 3 coisas de você, que eu tenho certeza que são fundamentais.

Você diria a eles:


1) Que irá contar a verdade, mesmo que ela possa doer 


Conte pros seus pais tudo o que você puder contar, seja o que for. Abra sua mente, tente expressar tudo o que sentir, sejam coisas boas ou ruins. Essas conversas são difíceis e podem ser constrangedoras, mas eu acredito que seus pais tem o direito de saber se você os ama, ou pelos menos os considera.

Fale pra eles o que você fez, pergunte o que eles acham sobre isso, saiba o que eles vêm planejando para o futuro, conheça seus planos. Não perca a sintonia com eles.

O melhor benefício de compartilhar experiências e abrir o jogo com seus pais é evitar arrependimentos e angústias futuras que vão prejudicar apenas você, e não eles.

Afinal, ao que se faz hoje, se paga amanhã.

2) Que você os perdoa, apesar de tudo


Dale Partridge disse: "Perdoe, mesmo que não esteja arrependido".

A gente tende a ver um pedido de desculpa como sinal de fraqueza mas, na verdade, é uma atitude de força maior. Pedir desculpa é um ato dos mais valorosos, porque além de você mostrar esforço pra quitar uma dívida moral que tenha tido com alguém, você aceita que sofreu de um arrependimento, e isso é nobre hoje em dia.

Muitas pessoas consideram que pedir desculpas pra uma pessoa é apenas dar permissão pra ela te ferir novamente. Mas, como diz Partridge, é exatamente o contrário: "quando você pede desculpas, dá uma permissão pra pessoa liberar a raiva e procurar restaurar o relacionamento".

3) Que você os valoriza


Seus pais podem ser quem for, mas se eles não se sentirem valorizados e reconhecidos por você, eles terão um motivo pra fazer uma série de perguntas a si mesmo, como: "O que meu filho aprendeu comigo que ele usará pro resto da vida? ou expectativas: "Que tipo de coisas meu filho ainda espera de mim?" ou angústias: "Será que meu filho está passando por alguma dificuldade?". ou desejos: "O que eu poderia fazer pra tornar a vida do meu filho melhor e mais prazerosa?"

Quando você responde a essas perguntas, você satisfaz as curiosidades de seus pais e permite que eles percebam o mínimo de humanidade que existe em você.

E se você mesmo tem algum pingo de empatia com seus pais, acaba por reconhecer seus valores, por menores e insignificantes que eles sejam.

Ter conversas olho a olho em que um escuta a palavra do outro sem julgamentos (apenas palavras e efeitos de um diálogo, uma troca de ideias). Eu não estou dizendo pra você bajular seus pais. Mas é melhor valorizar essas pessoas que te amam do que criticar aquelas que não te reconhecem e te valorizam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário